10/11/2017

Alta participação e transparência marcaram eleições, diz presidente do Cofen

“Estamos sempre à disposição e em dia com os órgãos fiscalizatórios”, lembrou Neri

Poucos têm a compreensão de que nós somos um órgão estatal com regras e normas legais. “Nós, como gestores, só podemos fazer o que está determinado na legislação, afirmou o presidente do Cofen, Manoel Neri, durante reunião do Sistema Cofen/Conselhos Regionais, ocorrida nesta quinta-feira, no 20º CBCENF.

Manoel Neri criticou veemente as notícias e pronunciamentos veiculados, acusando-o de ter fraudado as eleições dos Conselhos Regionais que aconteceram recentemente. “Desafio a provarem que houve qualquer tipo de fraude por parte do Cofen, para beneficiar aliados nesta eleição. Perdeu quem não teve voto, ganhou quem teve, é uma equação simples. Estamos sempre à disposição e em dia com os órgãos fiscalizatórios”, afirmou Neri.

Essa eleição teve a maior porcentagem de votantes da história do Sistema Cofen/Conselhos Regionais, com números próximos a 90% em alguns estados do Brasil.

A reunião teve, ainda, palestra sobre improbidade administrativa x governança, proferida pelo secretário de recursos do Tribunal de Contas da União, Sérgio Mendes e pelo Juiz Federal João Maia. Para Mendes, boas práticas de governança interna de integridade protegem os gestores públicos.

Fonte: Ascom - Cofen